Técnicas Simples Para Estimular A Criatividade Em Equipa

estimular a criatividade

Técnicas Simples Para Estimular A Criatividade Em Equipa

Quem trabalha na indústria criativa sabe que não é fácil estimular a criatividade para manter um fluxo constante de novas ideias e soluções. Sentem a pressão de desenvolver produtos únicos para satisfazer os vossos clientes e promover a vossa marca.
 

Como se isso não fosse suficiente, o mais provável é que 80% das tarefas mais importantes exigem trabalho em equipa, o que significa que o sucesso dos vossos projetos será consideravelmente afetado pelo quão bem são capazes de trabalhar em conjunto para alcançar um objetivo comum.


O mesmo desafio foi superado com excelência por empresas como a Apple, Facebook, Uber, Airbnb ou Slack. Provavelmente questionam-se como estas empresas conseguiram lá chegar. Mas mais importante do que isso é saber como a VOSSA equipa o poderá conseguir.

 

Cada empresa e cada equipa são um caso diferente, e como tal, não podem ficar à espera de encontrar uma fórmula mágica para o sucesso criativo. No entanto, existe um conjunto de técnicas de pensamento criativo e colaboração que vos ajudará a criar as condições ideais para estimular a criatividade da vossa equipa.


Just Post-it

Alguns argumentam que o momento criativo deve surgir naturalmente, enquanto processo espontâneo, desencadeado por algum tipo de progressão inteligente e lógica - como a história de Isaac Newton e a queda da maçã.


Por mais que a história seja fascinante, esperar que uma maçã nos caia na cabeça, não se enquadra no mundo competitivo em que vivemos atualmente.
 

A melhor forma é apostar na mais recente tecnologia de inovação e colaboração - Post-its. Sim, incrivelmente, o papel ainda tem utilidade não-burocrática e um conjunto de post-its coloridos pode fazer maravilhas pela inspiração criativa e o bom relacionamento da vossa equipa.


Aqui ficam algumas técnicas simples, mas eficazes, de colaboração criativa que poderão aplicar com a vossa equipa ao longo das diferentes etapas do processo criativo:



Técnica para estimular a criatividade - Brainwriting

técnicas para estimular a criatividade


Ao iniciar um projeto para um novo cliente, a vossa equipa precisa explorar ideias, tomar consciência de diferentes possibilidades - a chamada fase de pensamento divergente.


Este é, por norma, o momento do brainstorming, uma ferramenta de pensamento criativo amplamente utilizada para gerar ideias rapidamente.


No entanto, é também uma das técnicas com maiores probabilidades de falhar. Pode parecer uma simples questão de pedir às pessoas para partilhar as suas ideias e opiniões, mas a sessão pode acabar por ir na direção errada, se não forem tomadas em consideração regras, estilos ou personalidades.


O brainstorming funciona melhor como brainwriting - escrever primeiro, falar depois.


Estabeleçam as regras básicas da sessão e distribuam post-its pelos participantes. Cada participante deverá apontar as suas ideias em diferentes post-its, que depois serão reunidos e colocados na parede pelo moderador, de forma a garantir o anonimato.


É importante lembrar que "restrições geram criatividade". Portanto, certifiquem-se de estabelecer limites de tempo rigorosos para a actividade de brainwriting (regra geral, alguns minutos). Uma vez exibidas as ideias, podem repetir o processo numa segunda ronda, de forma a gerar algo mais a partir do que já foi escrito.


Esta técnica é a forma perfeita de evitar qualquer medo de rejeição. Garantindo o anonimato e a sugestão individual de ideias, os participantes sentem-se mais à vontade para serem mais abertos e ninguém será capaz de dominar a sessão.


Verificou-se que os grupos de brainwriting geram em média 20% mais ideias e 42% mais ideias originais em comparação com grupos tradicionais de brainstorming.1



Técnica para estimular a criatividade - Selecionar & Avaliar

técnicas para estimular a criatividade


Depois de uma sessão intensiva de pensamento divergente, o objetivo já não é gerar ideias, mas sim selecioná-las e avaliá-las em equipa. É necessário classificar e discutir todas as ideias em maior profundidade para chegar à zona de convergência, onde as decisões se tornam finalmente claras.


A tarefa torna-se menos exigente e mais interativa se voltarem aos post-its da sessão anterior de brainwriting. Peçam à vossa equipa para agrupá-los por temas ou categorias.


Em seguida, coloquem uma escala na parede (em post-its ou folhas A4), por exemplo, de 1 - 5 (1 sendo o mais baixo e 5 o mais alto) e convidem cada participante a avaliar as diferentes categorias de ideias, colocando um post-it por categoria algures na escala.


A partir deste momento, a vossa equipa poderá dar início a discussões importantes que irão permitir descartar, editar ou combinar ideias.


Esta técnica ajuda a obter uma melhor compreensão das perspectivas de cada pessoa e a perceber imediatamente o nível de consenso dentro da equipa. A conversa acabará por levar todos à clareza e a uma tomada de decisão.



Técnicas para estimular a criatividade - Humanizar

técnicas para estimular a criatividade


Apesar de ser um factor muitas vezes ignorado ou esquecido quando se trata de trabalho em equipa, é importante conhecer as pessoas com quem trabalhamos.


O fortalecimento de relações dentro da vossa equipa só irá beneficiar o processo criativo: pessoas que se conhecem são mais propensas a superar diferenças ou conflitos e a chegar a um compromisso do que pessoas que permanecem isoladas e desconhecem as personalidades, preferências, pontos fortes e pontos fracos uns dos outros.


Podem também neste caso recorrer a post-its coloridos num divertido exercício, dividido em duas partes.


Na primeira parte, cada participante deverá escrever 3 qualidades pessoais ou profissionais para cada colega em diferentes post-its e colocá-los nas costas da respectiva pessoa. Para garantir que a autoria dos post-its não seja óbvia, todos os participantes deverão permanecer em pé e em movimento, ao longo do exercício.
 

técnicas para estimular a criatividade


Na segunda parte, cada pessoa vai ler o que os restantes participantes escreveram e selecionar 3 qualidades com as quais mais se identifica.


O que se segue é uma conversa aberta em equipa, onde cada participante terá a sua vez para explicar a razão da escolha e partilhar outras qualidades ou defeitos que não foram identificados pelos seus colegas.


Ao mudar a forma como são percepcionadas e como percepcionam os outros, as pessoas estarão mais dispostas a fazer um esforço para compreender as opiniões e perspectivas dos seus colegas e as relações dentro da equipa serão fortalecidas.
 

Com algum tempo e prática, este tipo de pensamento criativo e colaboração pode rapidamente tornar-se uma atitude em vez de uma técnica.


A primeira etapa passa por aprender e aplicar técnicas de criatividade como estas, para que a vossa equipa as possa usar quando precisa de criar novas ideias ou solucionar problemas e, realizar todo o seu potencial criativo.


Como alternativa, podem sempre consultar-nos se precisarem de ideias, soluções ou dicas para os vossos projetos! Bee Creative!
 

Omibee Team

 

Estudo publicado pela especialista em gestão, Leigh Thompson, no seu livro Creative Conspiracy: The New Rules of Breakthrough Collaboration.